Tudo que a sua farmácia precisa saber sobre o SNGPC

Tudo que a sua farmácia precisa saber sobre o SNGPC

SNGPC. Informação confiável, consistente e segura é algo que possui bastante demanda no mercado de medicamentos. É para fornecer isso que existe o Sistema Nacional para Gerenciamento de Produtos Controlados, o SNGPC.

Com esse sistema, o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária pode realizar um controle efetivo sobre as entradas e saídas de medicamentos.
Dessa forma, é possível promover um uso racional dos medicamentos e evitar irregularidades.

Mas como funciona o SNGPC para o gestor de farmácia? Prossiga com a leitura e tire suas principais dúvidas sobre o SNGPC!

O que é o SNGPC?

“O registro de entrada e saída de medicamentos era antes realizado de maneira manual, dificultando o trabalho do gestor e o monitoramento da ANVISA. Com o SNGPC, isso se torna um processo automatizado.”

O SNGPC, ou Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados, é uma ferramenta para controle de produção, circulação, comércio e uso de substâncias ou medicamentos.

No caso, substâncias ou medicamentos com controle especial.

  • Entorpecentes;
  • Psicotrópicos;
  • Antimicrobianos;
  • E outros remédios sujeitos à Portaria nº 344/98 do Ministério da Saúde.

Se trata de uma substituição à escrituração tradicional, onde os dados registrados ficavam com a empresa. Agora, eles são enviados diretamente à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a ANVISA.

Para quem é o SNGPC?

Qualquer drogaria e farmácia particular que trabalha com substâncias e medicamentos de controle especial e/ou antimicrobianos.

Farmácias e drogarias de natureza pública, assim como atendimento privativo de unidade hospitalar, estão privados do SNGPC.

O que é feito com os dados e quais são as penalidades?

Para o Governo Federal, esses dados podem municiar decisões regulatórias e ações educativas.

Além disso, subsidia as ações de fiscalização e controle por parte da ANVISA, podendo indicar se ocorre algum desvio ou comercialização sem receita.

E se não ocorrer o envio ou acontecer fraude? Ocorrem sanções, que vão de advertências às multas, chegando até mesmo ao cancelamento de autorização para funcionamento e do alvará.

E qual é o objetivo do SNGPC?

Uma das grandes dúvidas sobre o SNGPC é justamente sobre qual é o objetivo do SNGPC. Basicamente, há mais de um:

  • Monitorar a dispensação de medicamentos e substâncias especiais;
  • Monitorar hábitos de prescrição e consumo de substâncias controladas;
  • Captar dados que possibilitem a produção de informação atualizada e fidedigna;
  • Otimizar o processo de escrituração anteriormente feito de maneira manual;
  • Dinamizar as ações da ANVISA.

Por meio do SNGPC, é possível adotar padrões de transmissão de dados e integrar esses dados com outros sistemas de gerenciamento na farmácia ou drogaria.

Qual é a importância do SNGPC para as farmácias e drogarias?

Antes de tudo, o SNGPC é importante para farmácias e drogarias, pois impacta na formalização do negócio. Desde o RDC Nº 27/2007, a implementação do sistema se tornou obrigatória.

E por que obrigatória? Porque a metodologia manual anterior tornava o controle realizado pela ANVISA ineficiente.

Quando ocorria algum problema envolvendo Produtos Controlados, havia uma demora para sua resolução.

Agora, com um sistema instalado, é possível consultar esses medicamentos e substâncias em poucos cliques.

Com acesso em tempo real, facilmente se encontra informações erradas e se evita maiores problemas.

Além disso, o envio dos dados se torna simplificado por meio da informatização de tudo que entra e sai da drogaria ou farmácia. E como funciona o SNGPC?

Qual é o passo a passo do SNGPC para cadastro da empresa e dos produtos?

Antes de prosseguir, é importante informar que o SNGPC não é um programa de computador, mas sim um portal para recebimento de dados pela ANVISA.

É para lá que você envia um arquivo XML com todos os dados requeridos pela Agência.

Mas antes de enviar, você precisa primeiro realizar o cadastro no SNGPC!

Quais são os requisitos para acessar o SNGPC?

  • A farmácia ou drogaria deve estar cadastrada no Sistema de Cadastro de Empresa da ANVISA;
  • Deve possuir Autorização de Funcionamento(AFE);
  • Deve possuir Responsável Técnico com CPF cadastrado e acesso ao SNGPC no Sistema de Segurança.

Como realizar o cadastro no SNGPC?

1. Primeiro, acesse o site de cadastramento. Na primeira página, insira o CNPJ de sua farmácia ou drogaria. Depois, insira o CNAE(Classificação Nacional de Atividades Econômicas) de sua farmácia ou drogaria;

2. Após isso, informe uma senha e clique em Cadastrar Nova Empresa. Se não possuir senha, clique em Não Tenho a senha para cadastro novo.

3. Na página do SNGPC, clique em Cadastrar ou Atualizar Dados da Matriz e depois em Cadastro Empresarial no menu lateral esquerdo.

4. Nessa página, deve atualizar as informações necessárias e clicar em Gravar. Algumas dessas informações são Telefone, Documentos da Empresa, Dados do Responsável e Dados do Gestor de Segurança.

5. Para verificar se está tudo certo, clique na opção Verificar Cadastro no menu lateral esquerdo. Se estiver tudo OK, poderá fazer as petições e emitir a GVS Eletrônica (boleto para pagamento de taxa) através do e-mail e senha do Gestor.

Como realizar registro de inventário?

1. Após cadastro no SNGPC, vá para a página de acesso e insira e-mail e senha de acesso.

2. Selecione a empresa que representa e no Menu de Início clique em Transmissão de Arquivos. Para realizar o envio do arquivo de inventários, ele deve estar em formato XML.

E como produzir um arquivo de inventários nesse formato? Por meio de um sistema informatizado como o da LC Farmácia!

Como funciona o SNGPC para transmissão de dados?

Para realizar a transmissão de arquivos para o SNGPC, é necessário produzir um arquivo XML com todo o inventário da farmácia ou drogaria. Isso não é feito pelo SNGPC, mas por um programa que atenda a essa funcionalidade.

Nesse caso, o sistema ERP para Farmácias da LC Sistemas, que é capaz de produzir o SNGPC em apenas um único clique. Afinal, ele é uma plataforma para registro de todas as movimentações de um produto na farmácia ou drogaria.

Através desse sistema, é possível eliminar todo o trabalho de fazer o inventário de todos os remédios e insumos disponíveis no estoque da empresa. Com toda as informações num único sistema, a geração do arquivo XML é simplificada.

Além disso, o software atende a todas as diretrizes de registro especificadas nos manuais do SNGPC!

E não é a única coisa que o sistema ERP para Farmácia da LC Sistemas oferece…

  • Atualiza os preços de medicamentos constantemente, conforme orientações da ABC Farma;
  • Permite acesso à bula de qualquer medicamento e a qualquer momento;
  • Possibilita controle total de Manipulados, do orçamento até as vendas;
  • Garante descontos com convênio;
  • Possui um banco de dados em nuvem, com acesso garantido de qualquer lugar e com segurança contra vírus e hackers!

Como garantir a transmissão de arquivos para o SNGPC?

Ao contar com um sistema informatizado para sua farmácia ou drogaria, você agiliza todos os processos da empresa. Com todas as movimentações de produtos sendo registradas nesse espaço informatizado, se simplifica a geração de arquivos XML.

Alavanque os resultados da sua farmácia com o software da LC Sistemas, clique aqui e agende uma demonstração Gratuita.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on telegram
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email